Efeito alelopático de Leucaena leucocephala e Hovenia dulcis sobre germinação de Mimosa bimucronata e Peltophorum dubium

Vandjore Mattos Ribeiro, Raquel Valmorbida, Katia Cristina Dalpiva Hartmann, Erly Carlos Porto, Juliana Almeida, Jaqueline Malagutti Corsato, Andréa Maria Teixeira Fortes

Resumo


O objetivo deste trabalho foi determinar a influência alelopática de extratos aquosos de folhas de Leucaena leucocephala (Lam.) R. de Wit. e Hovenia dulcis Thunberg sobre a germinação e desenvolvimento inicial de Mimosa bimucronata DC Kuntze e Peltophorum dubium (Spreng.). Extratos foram preparados nas diluições 2,5%; 5%; 7,5% e 10% (p/v) e comparadas com a testemunha. Ambos os extratos evidenciaram potencialidades alelopáticas na germinação das sementes e no crescimento inicial de M. bimucronata. Não foram observadas interferências negativas dos extratos das espécies doadoras sobre o processo germinativo de P. dubium, entretanto, plântulas submetidas ao extrato de L. leucocephala tiveram interferência no desenvolvimento inicial, sendo o alongamento da radícula mais sensível aos efeitos dos extratos. Sendo assim, os resultados demonstraram que os extratos aquosos das folhas de L. leucocephala e H. dulcis possuem propriedades inibitórias na germinação e desenvolvimento inicial de M. bimucronata e desenvolvimento inicial de P. dubium.


Palavras-chave


alelopatia; espécies exóticas invasoras; espécies nativas.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21826/2446-82312019v74e2019006

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2446-8231

Indexadores: Aquatic Sciences and Fisheries Abstract (ASFA) | Biological Abstract | Biosis Previews | Google Acadêmico | Latindex | Qualis-CAPES | Scopus | Web of Science – Institute for Scientific Information (ISI)