Multiplicação in vitro de Neoregelia johannis (Carriére) L.B. Smith em meio líquido sob diferentes concentrações de nutrientes

Eveline Calderan Meneghetti, Leandro Silva de Oliveira, Marcilio de Almeida

Resumo


A importância da micropropagação para espécies da família Bromeliaceae é crescente, porém, poucos trabalhos relatam o papel da nutrição na multiplicação in vitro. Visando relacionar aspectos morfofisiológicos da micropropagação à disponibilidade de nutrientes, principalmente do nitrogênio, brotações de Neoregelia johannis foram subcultivadas nos meios de cultura MS, ½ MS e WPM, suplementados com as mesmas concentrações de reguladores de crescimento. A taxa de multiplicação foi semelhante nos três meios de cultura, sendo que a maior taxa de multiplicação, maior acúmulo de nitrogênio total e proteico ocorreu no meio de cultura MS. Mesmo produzindo brotações menores, o meio de cultura WPM representa uma alternativa viável para a manutenção de um banco de germoplasma e para a manutenção de genótipos de interesse em biofábricas, visto que apresenta desenvolvimento uniforme de brotações. O meio de cultura MS seria recomendado para casos específicos, quando é necessário acelerar a multiplicação e principalmente crescimento das brotações.


Palavras-chave


Bromeliaceae, micropropagação, nitrogênio, paisagismo.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2446-8231

Indexadores: Aquatic Sciences and Fisheries Abstract (ASFA) | Biological Abstract | Biosis Previews | Google Acadêmico | Latindex | Qualis-CAPES | Scopus | Web of Science – Institute for Scientific Information (ISI)