Germinação in vitro de sementes e parâmetros morfofisiológicos de microestacas de Tabernaemontana catharinensis A. DC.

Marcelo Vielmo Afonso, Juçara Terezinha Paranhos, Luciane Almeri Tabaldi, Hilda Hildebrand Soriani

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar a germinação in vitro de sementes e parâmetros morfofisiológicos de microestacas de Tabernaemontana catharinensis A.DC. Nos bioensaios de germinação, sementes foram imersas em soluções de 0,0; 300 e 600 mg L-1 GA3 por 24 ou 48h. As plântulas provenientes da germinação in vitro foram doadoras de microestacas, e estas inoculadas em meio de cultivo MS completo suplementado com 0,0; 1,0; 2,0 e 4,0 mg L-1 de AIB. O uso de GA3 não favorece maiores taxas de germinação em sementes de T. catharinensis, sendo a velocidade de germinação afetada negativamente em sementes expostas ao GA3 por um período maior (48h). A rizogênese em microestacas de T. catharinensis pode ser induzida sem a necessidade de fitorreguladores. No entanto, os parâmetros morfofisiológicos podem ser maximizados com a adição de AIB ao meio de cultura, demonstrando que o uso de AIB potencializa a produção de microestacas assépticas de T. catharinensis.


Palavras-chave


Ácido giberélico, ácido indolbutírico, cobrina.

Texto completo:

PDF

Referências


Ansari, S.A., Singh, S. & Rani, A. 2004. Inorganic salts influence IAA ionization and adventitious rhizogenesis in Pongamia pinnata. Journal of Plant Physiology 161(1):117-120.

Aragão, C.A., Deon, M.D.I., Queiróz, M.A. & Dantas, B.F. 2006. Germinação e vigor de sementes de melancia com diferentes ploidias submetidas a tratamentos pré-germinativos. Revista Brasileira de Sementes 28(3):82-86.

Arnon, D.I. 1949. Copper enzymes in isolated chloroplasts: polyphenoloxidases in Beta vulgaris. Plant Physiology 24(1):1-15.

Bélo, M., Barbosa, J.C., Pereira, P.S., Bertoni, B.W., Zingaretti, S.M. & Belebonil, R.O. 2009. Avaliação do efeito bioinseticida dos extratos de Tabernaemontana catharinensis A. DC. (Apocynaceae) e Zeyheria montana Mart. (Bignoniaceae) sobre a mosca Zaprionus indianus (Díptera: Drosophilidae) (Gupta, 1970). Revista Brasileira de Biociências 7(3):235-239.

Borges, S.R., Xavier, A., Oliveira, L.S., Melo, L.A & Rosado, A.M. 2011. Enraizamento de miniestacas de clones híbridos de Eucalyptus globulus. Revista Árvore 35(3):425-434.

Braun, H., Lopes, J.C., Souza, L.T., Schmildt, E.R., Cavatte, R.P.Q. & Cavatte, P.C. 2010. Germinação in vitro de sementes de beterraba tratadas com ácido giberélico em diferentes concentrações de sacarose no meio de cultura. Semina: Ciência Agrárias 31(3):539-546.

Brondani, G.E., Hoffmann, M.E., Gonçalves, A.N & Almeida, M. 2012. Determinação do teor de carboidratos em minicepas de Eucalyptus benthamii. Journal of Biotechnology and Biodiversity 3(1):51- 60.

Bortolini, M.F., Mayer, J.L.S., Ribas, C.Z., Koehler, H.S. & Carpanezzi, A.A. 2009. Enraizamento de estacas caulinares de quarto espécies do gênero Tibouchina Aubl. (Melastomataceae Juss.). Revista Brasileira de Horticultura Ornamental 14(2):187-192.

Canto, A.M.M.E., Souza, F.V.D., Costa, M.A.C., Souza, A.S., Ledo, C.A.S. & Cabral, J.R.S. 2004. Conservação in vitro de germoplasma de abacaxi tratado com paclobutrazol. Pesquisa Agropecuária Brasileira 39(7):717-720.

Castro, P.R.E. & Vieira, E.L. 2003. Ação de bioestimulante na cultura do feijoeiro. In Feijão irrigado: tecnologia e produtividade (A.L. Fancelli & V. Dourado Neto, eds). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Piracicaba, p. 73-100.

Dalastra, I.M., Pio, R., Entelmann, F.A., Werle, T., Uliana, M.B. & Scarpare Filho, J.A. 2010. Germinação de sementes de nogueiramacadâmia submetidas à incisão e imersão em ácido giberélico. Ciência e Agrotecnologia 34(3):641-645.

Dias, P.C., Xavier, A., Oliveira, L.S., Paiva, H.N. & Correia, A.C.G. 2012. Propagação vegetativa de progênies de meios-irmãos de angico-vermelho (Anadenanthera macrocarpa (Benth) Brenan) por miniestaquia. Revista Árvore 36(3):389-399.

Ferreira, D.F. 2008. SISVAR: um programa para análises estatísticas e ensino de estatística. Revista Symposium 6(2):36-41.

Ferreira, J.T.B., Corrêa, A.G. & Vieira, P.C. 2001. Produtos Naturais no Controle de Insetos. Editora da Universidade Federal de São Carlos, São Carlos. 176 p.

Ford, Y.Y., Bonham, E.C., Cameron, R.W.F., Blake, P.S., Judd, H.L & Harrison-Murray, R.S. 2002. Adventitious rooting: examining the role of auxin in easy and a difficult-to-root plant. Plant Growth Regulation 36(2):149-159.

Galdiano Júnior, R.F., Mantovani, C., Pivetta, F.L. & Lemos, E.G.M. 2012. Crescimento in vitro e aclimatização de Cattleya loddigesii Lindley (Orchidaceae) com carvão ativado sob dois espectros luminosos. Ciência Rural 42(5):801-807.

Grattapaglia, D. & Machado, M.A. 1998. Micropropagação. In Cultura de tecidos e transformação genética de plantas (A.C. Torres, L.S. Caldas & J.A. Buso, eds). Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Brasília, p. 183-260.

Haq, I.U., Ahmad, T., Hafiz, I.A. & Abbasi, N.A. 2009. Influence of microcutting sizes and IBA concentrations on in vitro rooting of olive cv. ‘Dolce Agogia’. Pakistan Journal Botany 41(3):1213-1222.

Labouriau, L.G. & Valadares, M.E.B. 1976. On the germination of seeds Calotropis procera (Ait.) Ait.f. Anais da Academia Brasileira de Ciências 48(2):263-284.

Maggio, A., Raimondi, G., Martino, A. & Pascale, S. 2007. Salt stress response in tomato beyond the salinity tolerance threshold. Environmental and Experimental Botany 59(3):276-282.

Maguire, J.D. 1962. Speed of germination aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science 2(1):176-177.

Martínez-Morales, L.J., Soto-Urzúa, L., Baca, B.E. & Sánchez-Ahédo, J.A. 2003. Indole-3-butyric acid (IBA) production in culture medium by wild strain Azospirillum brasilense. FEMS microbiology Letter 228(2):167-173.

Murashige, T. & Skoog, F. 1962. A revised medium for rapid growth and bio assays with tobacco tissue cultures. Physiologia Plantarum 15(3):473-497.

Nascimento, P.K.V., Franco, E.T H. & Frassetto, E.G. 2007. Desinfestação e Germinação in vitro de sementes de Parapiptadenia rigida Bentham (Brenam). Revista Brasileira de Biociências 5(2):141-143.

Neto, M.P., Dantas, A.C.V.L., Vieira, E.L. & Almeida, V.O. 2007. Germinação de sementes de jenipapeiro submetidas à pré-embebição em regulador e estimulante vegetal. Ciência Agrotécnica 31(3):693- 698.

Noleto, L.G. & Silveira, C.E.S. 2004. Micropropagação de copaíba. Biotecnologia Ciência e Desenvolvimento. Disponível em: http:// www.biotecnologia.com.br/revista/bio33/copaiba.pdf. Acessado em 01.02.2016.

Pereira, C.G., Leal, P.F., Sato, D.N. & Meireles, M.A. 2005. Antioxidant and antimycobacterial activities of Tabernaemontana catharinensis extracts obtained by supercritical CO2 + cosolvent. Journal of Medicinal Food 8(4):53-538.

Pereira, P.S., França, S.C., Oliveira, P.V.A., Breves, C.M.S., Pereira, S.I.V., Sampaio, S.V., Nomizo, A. & Dias, D.A. 2008. Chemical constituents from Tabernaemontana catharinensis root bark: a brief NMR review of indole alkaloids and in vitro cytotoxicity. Química Nova 31(1):20-24.

Piana, M., Boligon, A.A., Brum, T.F., Zadra, M., Belke, B.V., Froeder, A.L.F., Frohlich, J.K., Nunes, L.T., Pappis, L., Boligon, A.A. & Athayde, M.L. 2014. Phytochemical analysis and antioxidante capacity of Tabernaemontana catharinensis A. DC. Fruits and branches. Anais da Academia Brasileira de Ciências 86(2):881- 888.

Quinet, C.G.P. & Andreata, R.H.P. 2005. Estudo Taxonômico e Morfológico das Espécies de Apocynaceae Adans na Reserva Rio das Pedras, Município de Mangaratiba, Rio de Janeiro, Brasil. Pesquisa Botânica 56:13-74.

Rocha, S.C., Quorim, M., Ribas, L.L.F. & Koehler, H.S. 2007. Micropropagação de Cabralea canjerana. Revista Árvore 31(1):43- 50.

Santana, J.R.F., Paiva, R., Resende, R.K.S., Castro, E.M., Pereira, F.D. & Oliveira, L.M. 2008. Estímulo do comportamento fotoautotrófico durante o enraizamento in vitro de Annona glabra L., II. Aspectos da anatomia da folha antes da aclimatização. Ciência e Agrotecnologia 32(2):640-644.

Scalon, S.P.Q., Mussury, R.M., Scalon Filho, H., Francelino, C.S.F. & Florencio, D.K.A. 2006. Armazenamento e tratamento prégerminativos em sementes de jacarandá (Jacaranda cuspidifolia Mart.). Revista Árvore 30(2):529-536.

Scalon, S.P.Q., Mussury, R.M., Rigoni, M.R. &

Scalon Filho, H. 2003. Crescimento inicial de mudas de Bombacopsis glabra (Pasq.) A. Robyns sob condição de sombreamento. Revista Árvore 27(6):753- 758.

Silva, R.L., Oliveira, M.L., Monte, M.A. & Xavier, A. 2010. Propagação clonal de guanandi (Calophyllum brasiliense) por miniestaquia. Agronomía Costarricense 34(1):99-104.

Sobral, M. & Jarenkow, J.A., Brack, P., Irgang, B.E., Larocca, J. & Rodrigues, R.S. 2006. Flora Arbórea e Arborescente do Rio Grande Do Sul, Brasil. Rima/Novo Ambiente, São Carlos. 350 p.

Sousa, H.U., Ramos, J.D., Pasqual, M. & Ferreira, E.A. 2002. Efeito do ácido giberélico sobre a germinação de porta-enxertos cítricos. Revista Brasileira de Fruticultura 24(2):496-499.

Stein, V.C., Paiva, R., Soares, F P., Nogueira, R.C., Silva, L.C., & Emrich, E. 2007. Germinação in vitro e ex vitro de Inga vera Willd. subsp. affinis (DC.) T. D. Penn. Ciência e Agrotecnologia 31(6):1702-1708.

Streit, N.M., Canterle, L.P., Canto, M.W. & Hecktheuer, L.H.H. 2005. As clorofilas. Ciência Rural 35(1):748-755.

Vicente, M.A.A., Almeida, W.A.B. & Carvalho, Z.S. 2009. Multiplicação in vitro e aclimatação de Vernonia condensata Baker. Revista Brasileira de Plantas Medicinais 11(2):176-183.

Xavier, A., Wendling, I. & Silva, R.L. 2009. Silvicultura clonal: princípios e técnicas. Universidade Federal de Viçosa, Viçosa. 272 p.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2446-8231

Indexadores: Aquatic Sciences and Fisheries Abstract (ASFA) | Biological Abstract | Biosis Previews | Google Acadêmico | Latindex | Qualis-CAPES | Scopus | Web of Science – Institute for Scientific Information (ISI)