Check-list das Melastomataceae do estado do Mato Grosso do Sul

Rosana Romero, Ana Flávia Alves Versiane, Paulo José Fernandes Guimarães

Resumo


A flora do estado do Mato Grosso do Sul está representada por 58 espécies de Melastomataceae distribuídas em 16 gêneros, com Miconia (21 spp.) e Tibouchina (nove spp.) apresentando o maior número de espécies. O Herbário da Universidade Federal do Mato Grosso do Sul apresenta 313 espécimes de Melastomataceae coletados no estado, sendo considerado o maior acervo para a família. Aparentemente, a flora de Melastomataceae do estado do Mato Grosso do Sul encontra-se subestimada, uma vez que apresenta um número pequeno de coleções depositadas nos 24 herbários consultados e um número considerável de espécimes determinados apenas até gênero e/ou indeterminados. O estado apresenta uma flora diversa para a família, porém pouco investigada e deste modo, esperamos que esforços sejam feitos para suprir esta defi ciência de dados nas áreas prioritárias e pouco coletadas do estado do Mato Grosso do Sul, e para capacitar profissionais ao estudo desta importante família de plantas


Palavras-chave


Brasil, Centro-Oeste, flora, herbário, Miconia, Tibouchina

Texto completo:

PDF

Referências


Baumgratz, J.F.A. 2012a. Henriettea In Lista de Espécies da Flora do

Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. Disponível

em: http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2012/FB009472. Acessado em 17.08.2012.

Baumgratz, J.F.A. 2012b. Poteranthera In Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. Disponível em: http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2012/FB030800. Acessado em 17.08.2012.

Baumgratz, J.F.A., Bernardo, K.F.R., Chiavegatto, B., Goldenberg, R., Guimarães, P.J.F., Kriebel, R., Martins, A.B., Michelangeli, F.A., Reginato, M., Romero, R., Souza, M.L.D.R. & Woodgyer, E. 2012. Melastomataceae In Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro. Disponível em: http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2012/FB000161. Acessado em 17.08.2012.

Clausing, G. & Renner, S.S. 2001. Molecular phylogenetics of Melastomataceae and Memecylaceae: implications for character evolution. American Journal of Botany 88 (3): 486-498.

Dubs, B. 1998. Prodromus florae matogrossensis. Suíça, Betrona˗Verlag,

Küsnacht. Goldenberg, R. 2012. Miconia In Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. Disponível

em: http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2012/FB009666. Acessado em 17.08.2012.

Goldenberg, R., Baumgratz, J.F.A. & Souza, M.L.D. 2012. Taxonomia de Melastomataceae no Brasil: retrospectiva, perspectivas e chave de identificação para os gêneros. Rodriguésia 63 (1): 145-161.

Michelangeli, F.A. 2012. Tococa In Lista de Espécies da Flora do Brasil.

Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. Disponível em: http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2012/FB019732. Acessado em 17.08.2012.

Renner, S.S. 1993. Phylogeny and classification of the Melastomataceae

and Memecylaceae. Nordic Journal of Botany 13: 519-540.

Romero, R. & Woodgyer, E. 2012. Microlicia In Lista de Espécies da Flora do Brasil. Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro. Disponível em: http://floradobrasil.jbrj.gov.br/2012/FB009782. Acessado em 17.08.2012.

Santos, A.K.A., Martins, A.B., Romero, R., Santos, A.P.M., Almeida, F., Bernardo, K.F.R., Koschnitzke, C., Goldenberg, R., Reginato, M., Lee, C.S. & Rodrigues, W.A. 2009. Melastomataceae. In Plantas raras do Brasil (A.M. Giulietti, A. Rapini, M.J.G. Andrade, L.P. Queiroz, J.M.C. Silva, eds.). Conservação Internacional, Belo Horizonte, Minas Gerais. p. 263-279.

Thiers, B. 2015. Index Herbariorum: A global directory of public herbaria and associated staff. New York Botanical Garden’s Virtual Herbarium. Disponível em: http://sweetgum.nybg.org/ih/. Acessado em 17.08.2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2446-8231

Indexadores: Aquatic Sciences and Fisheries Abstract (ASFA) | Biological Abstract | Biosis Previews | Google Acadêmico | Latindex | Qualis-CAPES | Scopus | Web of Science – Institute for Scientific Information (ISI)