Tolerância à dessecação e armazenamento em temperatura sub-zero de sementes de Butia odorata (Barb. Rodr.) Noblick

Claudimar Sidnei Fior, Samanta Siqueira de Campos, Sergio Francisco Schwarz

Resumo


Butia odorata (Barb. Rodr.) Noblick é um importante recurso genético regional, porém sua propagação comercial é dificultada pela escassez de informações fitotécnicas sobre sementes e formação de mudas. O objetivo do estudo foi caracterizar o comportamento fisiológico das sementes de B. odorata, para posterior classificação fisiológica. Frutos maduros de B. odorata foram coletados e despolpados. Para a dessecação, os diásporos foram secos inteiros em estufa com temperatura constante de 30 ºC por 24 horas. O armazenamento foi realizado em temperatura negativa com os diásporos embalados em saco de polietileno. Ao final de cada período foram realizados novos testes de determinação de umidade e viabilidade. Pode-se inferir que sementes de B. odorata apresentam comportamento ortodoxo, pois essas apresentaram índice de viabilidade acima de 90% com teor de água de 6,14% e armazenamento em temperatura sub-zero. Além disso, a viabilidade foi mantida em torno de 70% após armazenamento com temperatura negativa e 5% de umidade por 32 meses.


Palavras-chave


Arecaceae, butiá, conservação ex situ, ortodoxa.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.21826/2446-82312020v75e2020019

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2446-8231

Indexadores: Aquatic Sciences and Fisheries Abstract (ASFA) | Biological Abstract | Biosis Previews | Google Acadêmico | Latindex | Qualis-CAPES | Scopus | Web of Science – Institute for Scientific Information (ISI)